sexta-feira, 1 de julho de 2016

E que tal viver no campo?

Há alguns anos atrás (ainda os herdeiros eram criançolas) o maridão, falava que quando se reformasse iria viver para a terra - entenda-se terra por uma vilareca no meio do baixo alentejo.
Eu ficava a bufar por dentro. Era só o que me faltava ir morar para o meio de nenhures!

Com o passar dos anos e com a idade da reforma a apresentar-se cada vez mais longínqua (??) nunca mais falou no assunto e agora sou eu que - não falo - mas penso que até gostava de ir morar para o meio de nenhures (perto de acessos, de estradas, ou de paragens de camionetes, claro está).

O que eu queria mesmo era ter uma casa com quintal e rodeada de árvores, atalhos e verde por todo o lado,
Estou cansada da vida citadina e atenção que a cidade onde eu vivo não é o supra sumo do urbanismo, mas não tem espaços verdes para onde possamos fugir de vez em quando. E há dias de neura, embora não seja muito dada a neuras, em que me apetece fugir e desatar a correr.

Ora não vou fazer isso nas ruas do sitio onde vivo. Além de me conhecerem e correr o risco de acharem que pirei, é tudo a subir e a descer.








Imagens retiradas da NET (algures) e apenas meia dúzia para lavar a vista.

Desculpem o desabafo, mas acho que estou cansada dos 80km diários para ir e vir do trabalho e estou a precisar de férias que ainda não estão à vista!

6 comentários:

Isa Sá disse...

uma casa de "campo" perto da cidade era o ideal!

Isabel Sá
Brilhos da Moda

O meu pensamento viaja disse...

Maria João, quem não quer uma casa no campo? Eu quero!
O que eu não quereria de modo algum são esses 80 km diários. Isso é mau, mesmo mau:
Pobrezinha!
Beijo

Nádia disse...

Eu vivo numa aldeia do Ribatejo e, apesar de ficar apenas a 45min de carro de Lisboa, não gosto nada! Gosto mesmo é de cidade, de Lisboa :)


Kill Your Barbies

home living for disse...

Eu compreendo-te tão bem! Já vai fazer 9 anos que estou aqui e foi a melhor opção que tomei, não me arrependo minimamente. Lisboa está à distância de 50 minutos de caminho e aqui tenho o sossego e a calmaria que tanto procurei. Além de que as minhas filhas estão muito mais seguras quer na escola quer na rua... ah e a escola delas é impecável! Natação , equitação, judo ingles e informática tudo pela escola sem pagar um centimo nas actividades escolares.
Só tenho pena que a minha casa não seja parecida com nenhuma dessas! Infelizmente.... ehehehe, beijinho grande

Magui Ferreira disse...

Assim vale muito a pena viver no campo :)

Patricia Merella disse...

Eu moro em uma pequena vila mo centro da vila em uma casa antiga de 1900 com quintal aberto para as vizinhas e tenho como vizinha uma quinta. Do meu quintal vejo as vaquinhas. A Bélgica é pequena e toda rodeada por plantações e criações. Sonho em voltar a viver em Portugal no Algarve, no meu lindo Algarve de sol,de praia de águas quente com areia branca.Sonho em envelhecer enfrente para o mar.Mas te confesso que se Deus permiti q nós voltamos a viver a Portugal e eu vá morar em um apartamento, sentirei saudades da Bélgica. Como tu sabes, amo a terra, as flores e cá eu posso cultiva-las.Em apartamento será difícil. Bom Domingo, beijinhos